Apontado como maior traficante de armas do Brasil vai a audiência em Miami

Miami, 27 fev (EFE).- Apontado pela polícia do Brasil como o maior traficante de armas do país, Frederick Barbieri compareceu nesta terça-feira a um tribunal de Miami, nos Estados Unidos, onde ouviu seus direitos legais e foi informado da realização de uma audiência para a próxima quinta.

Na saída do tribunal, Leonard P. Fenn, advogado provisório de Barbieri, disse à Agência Efe que pedirá na próxima audiência liberdade condicional para o brasileiro, de 46 anos, que hoje usava um uniforme carcerário e estava algemado.

A juíza Chris McAlley afirmou que o acusado recebeu quatro acusações: conspiração para cometer crimes contra o país, entrega de armas de fogo a uma empresa de frete sem notificação escrita de que a carga continha armamento, contrabando de armas de fogo e acessórios dos EUA para o Brasil e exportação de armas e acessórios sem licença para este fim.

O governo brasileiro pediu aos EUA, no último sábado, um dia depois da prisão de Barbieri, a sua extradição devido à suspeita de dirigir uma rede que contrabandeava armas ao Brasil para atender a traficantes de drogas.

Barbieri foi detido por agentes do Serviço de Imigração e Controle de Alfândegas dos EUA (ICE) em sua casa em Fort Pierce, mas a Promotoria o considera morador de Port St. Lucie, cidade vizinha. EFE

emi/id

(foto) (vídeo)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos