ONU diz que tráfico de drogas no Oriente Médio aumentou devido à guerra

Viena, 1 mar (EFE).- A instabilidade e os conflitos armados no Oriente Médio causaram um grande aumento do tráfico e do uso de drogas na região, de acordo com a Junta Internacional de Fiscalização de Entorpecentes (Jife) em relatório publicado nesta quinta-feira.

"Em todas as zonas de conflito há tráfico de drogas e de armas. Quando as forças da ordem não compartilham informação, não podemos lutar contra os criminosos", disse à Agência Efe o presidente da Jife, o tailandês Viroj Sumyai.

O relatório se refere especialmente ao Iraque, onde, o problema com as drogas "é cada vez mais grave". A instabilidade também parece ter afetado o Líbano, onde existe informação sobre a produção ilícita de resina de cannabis e, provavelmente, de ópio.

"Existem indícios de um maior tráfico de cocaína na Arábia Saudita, nos Emirados Árabes, na Jordânia, no Líbano e na Síria", informou o texto.

Conforme o levantamento, "cresceu o tráfico no Iêmen devido ao conflito armado do país".

A Jife mostrou preocupação "pelos vínculos cada vez mais fortes que existem entre as drogas e a violência" no Oriente Médio e pede que os países afetados fortaleçam a troca de informação e a cooperação "para fechar o cerco ao tráfico".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos