Atentado contra forças da OTAN deixa pelo menos 1 morto e 4 feridos em Cabul

Pelo menos um civil morreu e outros quatro ficaram feridos, nesta sexta-feira, em um atentado suicida no leste de Cabul, durante a passagem de um comboio da missão da OTAN no Afeganistão, informou uma fonte oficial à Agência Efe.

"Um civil morreu outros quatro sofreram feridos depois que um suicida detonasse seus explosivos em um veículo de tipo Suzuki na (região) PD9 de Cabul", indicou à Efe, o porta-voz do Ministério do Interior, Najib Danish.

"O alvo do suicida era um comboio de tropas estrangeiras", completou, assinalando que nenhum membro das forças da OTAN está entre os feridos.

A versão corrige uma informação inicial do próprio ministério que falava de um ataque contra empreiteiros da OTAN.

A Aliança Atlântica ainda não emitiu nenhum comentário sobre este atentado e, até o momento, nenhum grupo insurgente reivindicou a autoria.

Esta explosão ocorre apenas dois dias depois que o presidente afegão, Ashraf Ghani, estendeu a mão aos talibãs oferecendo o diálogo "sem pré-condições", o seu reconhecimento político e um caminho para um processo de paz que encerre mais de 16 anos de conflito.

Além disso, o anúncio de Ghani aconteceu depois que na última segunda-feira, o partido insurgente lançou uma proposta direta de diálogo com os Estados Unidos na primeira mensagem deste tipo que eles enviaram após anos de se negar a conversar com o governo afegão e com Washington.

O Afeganistão atravessa um dos seus períodos mais sangrentos após o final da missão da OTAN em 2015, que continua no país em tarefas de treinamento e capacitação das forças afegãs.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos