Coreia do Sul confirma que enviará representante do governo a Pyongyang

Seul, 2 mar (EFE).- A Coreia do Sul enviará um representante de alto nível para a Coreia do Norte e com isso continuar a aproximação entre os dois países, embora ainda não há detalhes sobre datas ou a identidade do enviado, disse nesta sexta-feira à Agência Efe um porta-voz do escritório da presidência de Seul.

A visita deste representante "dará reciprocidade à visita da enviada especial da Coreia do Norte, Kim Yo-jong", irmã do líder norte-coreano, Kim Jong-un, segundo o governo sul-coreano.

O presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, informou ontem ao seu colega dos Estados Unidos, Donald Trump, da missão que enviará para o país vizinho, segundo a transcrição divulgada por Seul.

A viagem do enviado sul-coreano a Pyongyang "servirá para confirmar detalhes tratados durante a visita à Coreia do Sul de uma delegação norte-coreana de alto nível", acrescentou Moon, em sua conversa com Trump.

Kim Yo-jong fez, no início de fevereiro, uma histórica visita à Coreia do Sul por causa dos Jogos Olímpicos de Inverno, realizados em PyeongChang, e transmitiu a Moon um convite para viajar para Pyongyang e realizar a primeira cúpula intercoreana de líderes em mais de uma década.

Outra delegação norte-coreana de alto nível visitou na semana passada a Coreia do Sul por ocasião do encerramento dos Jogos e afirmou a Moon que Pyongyang está aberto para o diálogo com os EUA. EFE

asb/phg

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos