PUBLICIDADE
Topo

Polícia divulga vídeo do acidente mortal envolvendo veículo autônomo do Uber

21/03/2018 21h45

Phoenix (EUA), 21 mar (EFE).- Um vídeo que mostra o acidente do domingo passado no qual uma mulher morreu atropelada por um veículo autônomo do Uber foi divulgado à imprensa nesta quarta-feira pela polícia de Tempe, no Arizona (Estados Unidos).

A curta sequência mostra a visão exterior do veículo do Uber no momento em que atinge uma pessoa que caminhava carregando uma bicicleta, mas, no instante do impacto, a gravação é interrompida.

O vídeo foi mostrado assim aos meios de comunicação devido à violência das imagens posteriores, segundo detalhou em um comunicado a polícia de Tempe.

A câmera direcionada para a parte exterior do veículo mostra como uma mulher aparece caminhando no meio da estrada, em um trecho extremamente escuro, com sua bicicleta, e se observa uma cena onde a colisão é inevitável.

Outra câmera foca a pessoa que opera o sistema dentro do carro, que olha para abaixo em repetidas ocasiões até que ocorre o impacto, o que lhe produz uma reação de surpresa ao se dar conta do acidente.

O vídeo tem uma duração total de 21 segundos.

O documento divulgado hoje pelas autoridades indicou que a Unidade de Crimes de Veículos da polícia de Tempe está investigando ativamente os detalhes deste atropelamento mortal e que, uma vez concluída a investigação, apresentará o caso para ser revisado pelo escritório do promotor do condado de Maricopa.

Nesta terça-feira, Sylvia Moir, chefe da polícia de Tempe, declarou a meios de comunicação locais que o motorista lhes disse que "foi como um brilho, a pessoa surgiu na minha frente".

Em entrevista ao jornal "The Arizona Republic", Moir afirmou que o acidente era "completamente impossível" de evitar, tanto se o sistema autônomo do veículo estivesse no comando, como se o carro tivesse sido conduzido por uma pessoa.

Investigadores da Junta Nacional de Segurança no Transporte (NTSB na sigla em inglês) chegaram ontem a Tempe para começar as investigações do acidente.

Na noite do domingo passado, Elaine Herzberg, de 49 anos, estava caminhando fora de uma passagem de pedestres quando foi atropelada por um Volvo XC90, que estava em modo autônomo, em um subúrbio de Phoenix.

Enquanto a investigação segue em curso, o Uber suspendeu suas atividades nas estradas do estado do Arizona, assim como nas ruas de San Francisco (Califórnia), Pittsburgh (Pensilvânia) e Toronto.

Em março de 2017, um veículo operado pelo Uber em modo automático, também um Volvo XC90, se viu envolvido em um acidente também no Arizona, quando ficou tombado na rua.

No carro do Uber, que estava em função de condução automática no momento do acidente, viajavam dois funcionários da empresa nos bancos dianteiros, que não sofreram ferimentos.

Naquela ocasião, o Uber também suspendeu os testes de circulação dos seus veículos em modo autônomo.