PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Finlândia expulsa diplomata russo após envenenamento de ex-expião

26/03/2018 11h33

Helsinque, 26 mar (EFE).- O Governo finlandês decidiu nesta segunda-feira expulsar do país um diplomata russo, como parte da resposta europeia ao envenenamento do ex-espião russo Serguei Skripal e de sua filha no Reino Unido.

"O ataque de Salisbury é uma grave ameaça para a segurança em toda Europa. É importante que sejam tomadas as medidas adequadas tanto dentro da UE como bilateralmente", apontaram fontes governamentais em comunicado.

A decisão da Finlândia se soma à de outros 13 países da União Europeia (UE) que hoje decidiram expulsar diplomatas russos em resposta ao envenenamento do ex-espião.

Também o Governo dos Estados Unidos ordenou hoje a expulsão de 60 funcionários russos por este caso.

Internacional