PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Com problemas gástricos, ex-presidente peruano Alberto Fujimori é internado

28/03/2018 22h30

Lima, 28 mar (EFE).- O ex-presidente peruano Alberto Fujimori foi internado em um hospital de Lima após sofrer problemas digestivos que lhe causaram um quadro de desidratação severa.

Em entrevista à rede de televisão "Canal N", o médico particular de Fujimori, Alejandro Aguinaga, disse que os primeiros sintomas foram sentidos ontem à noite.

"(Fujimori) teve que ser internado na unidade de cuidados intermediário do hospital Centenário", afirmou.

O ex-governante, que recebeu um polêmico indulto do agora também ex-presidente Pedro Pablo Kuczynski no dia 24 de dezembro e desde então vive em uma luxuosa residência em Lima, "está recebendo uma reidratação intensa intravenosa".

"Esperemos que nas próximas horas possamos controlar esta situação", declarou.

Ex-parlamentar no Peru, o médico de Fujimori contou que o ex-presidente foi afetado pelo duro confronto protagonizado nos últimos dias por seu filho mais novo, o congressista Kenji Fujimori, e a sua filha mais velha, a líder do partido Força Popular Keiko Fujimori.

"Esta situação definitivamente o afeta, todos queremos que estes problemas possam ser solucionados o mais rápido possível e da melhor maneira", comentou.

A promotoria peruana anunciou hoje que abrirá uma investigação sobre Kenji e outros dois congressistas envolvidos em uma suposta tentativa de compra de votos para evitar o impeachment do ex-presidente Pedro Pablo Kuczynski, acusado de participar de um esquema de corrupção com a construtora brasileira Odebrecht.

O caso, que levou à renúncia de Kuczynski na semana passada, foi revelado em áudios e vídeos divulgados pelo Força Popular, partido do qual Kenji saiu junto com um grupo de parlamentares para apoiar Kuczynski, o que gerou uma troca de acusações com a ala liderada por sua irmã, que também é investigada por corrupção relacionada com a Odebrecht.

Internacional