Governista Carlos Alvarado é eleito novo presidente da Costa Rica

San José, 1 abr (EFE).- O candidato governista do Partido Ação Cidadã (PAC), Carlos Alvarado, venceu, neste domingo, o segundo turno das eleições presidenciais na Costa Rica, com o apoio de 60,66% dos eleitores, após a apuração de 90,62% das mesas de votação.

O candidato evangélico conservador Fabricio Alvarado, do Partido Restauração Nacional, ficou com 39,33% dos votos, de acordo com informações oficiais.

O resultado foi anunciado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) da Costa Rica, quando divulgou o primeiro relatório das apurações, cerca de 2h30 depois do fechamento dos colégios eleitorais.

O presidente do Tribunal, Luis Antonio Sobrado, leu em uma sessão solene os primeiros resultados com 90,62% das urnas apuradas e abstenção de 33,09%.

Carlos Alvarado, um jornalista, escritor e analista político de centro-esquerda, transmitiu durante a campanha um discurso de respeito aos direitos de todas as pessoas e de formar um governo de unidade para superar problemas como o déficit fiscal, pobreza e infraestrutura.

O presidente eleito foi ministro do Desenvolvimento Humano e do Trabalho durante o atual governo do mandatário Luis Guillermo Solís, e se transformará a partir do próximo dia 8 de maio, no segundo líder na história do PAC.

Esta foi a terceira vez que a Costa Rica elegeu seu presidente no segundo turno. As outras ocasiões foram em 2002 e 2014.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos