Topo

Morre palestino ferido durante protesto em Gaza por fogo israelense

02/04/2018 07h41

Gaza, 2 abr (EFE).- Um jovem palestino de 29 anos, que estava hospitalizado em situação crítica, morreu nesta segunda-feira por causa dos ferimentos provocados por disparos do Exército israelense durante os protestos de sexta-feira em Gaza, informou o Ministério de Saúde da Faixa.

Com a morte deste palestino, aumenta para 16 os falecidos durante a chamada Grande Marcha do Retorno, que derivou em enfrentamentos com soldados israelenses, além dos corpos de dois homens que estão retidos em Israel.

O jovem, identificado como Fares Al Regeb, ficou ferido no abdômen por munição real em Khan Yunis, explicou o porta-voz do Ministério de Saúde em Gaza, Ashraf al Qedra.

Dezenas de milhares de palestinos participaram da Grande Marcha do Retorno, para comemorar o Dia da Terra e, segundo o Exército israelense, os manifestantes lançaram bombas e pneus em chamas contra os soldados, que responderam com fogo real, balas de borracha e gás lacrimogêneo lançados desde drones.

Mais de 1,4 mil manifestantes foram feridos, 35 deles por munição real, segundo o Ministério de Saúde.