EUA agradecem à República Tcheca por extradição de hacker russo

Washington, 2 abr (EFE).- O Governo dos Estados Unidos agradeceu nesta terça-feira à República Checa a extradição do hacker russo Jevgenij Nikulin, acusado de piratear os sistemas de LinkedIn, Dropbox e Formspring.

"Levar criminosos à justiça é um aspecto importante de manter a confiança na internet e defender nossos valores fundamentais", disse em comunicado a Casa Branca.

A República Tcheca extraditou Nikulin para os EUA, um cidadão russo que estava detido em Praga desde outubro de 2016 e que Moscou também reivindicava para evitar que fosse julgado na América.

Nikulin, que já prestou depoimento a um juiz em São Francisco (Califórnia), é acusado de uma dezena de crimes de informática que podem lhe custar até 30 anos de prisão e uma multa superior a um milhão de dólares.

O hacker se declarou inocente das acusações.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos