Israel detém 10 palestinos de Gaza suspeitos de planejar ataque a navio

Jerusalém, 4 abr (EFE).- Dez palestinos da Faixa de Gaza foram detidos sob a suspeita de compilar informações de inteligência e planejar um ataque a um navio da Marinha israelense, anunciou nesta quarta-feira o Serviço de Segurança Interior de Israel, Shin Bet.

As detenções aconteceram em meados de março, quando as forças navais israelenses retiveram uma embarcação que saiu da área de navegação permitida para os pescadores palestinos e seus tripulantes foram detidos para serem interrogados pela marinha israelense e os serviços de inteligência.

Os detidos eram residentes da cidade de Rafah, no sul da Faixa de Gaza, segundo o Shin Bet. Um deles, Amin Yuma, pescador e membro da Jihad Islâmica, participou "sob os auspícios dos comandantes da organização em Rafah do planejamento de um ataque contra navios de guerra".

O plano consistia em atrair um navio militar a partir de um barco, enquanto uma segunda embarcação o atacaria disparando um míssil antitanque Kornet e uma terceira o abordaria para sequestrar soldados, segundo a confissão de Yuma.

O Tribunal do Distrito de Beersheva, no sul de Israel, apresentará hoje uma acusação formal contra ele.

Para o Serviço de Segurança Interior, "este é outro elo da rede de ataques terroristas planejados e iniciados pela Jihad Islâmica na Faixa de Gaza nos últimos meses, incluído o túnel para se infiltrar em Israel em 30 de outubro de 2017 e o fogo de morteiro (disparado) contra Israel em 30 de novembro".

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, elogiou a operação e afirmou que o plano "é uma prova das verdadeiras intenções das organizações terroristas em Gaza", segundo um comunicado divulgado pelo governo.

Estas organizações "estão tentando camuflar suas intenções assassinas com a organização de provocações na cerca de segurança, cujo objetivo é dar cobertura para que terroristas façam seus ataques contra Israel", denunciou Netanyahu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos