Príncipe Philip, de 96 anos, será submetido a cirurgia no quadril

Londres, 4 abr (EFE).- O príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II, será submetido nesta quarta-feira a uma operação de quadril "já planejada", segundo indicou o Palácio de Buckingham, quase um ano depois dele ter se retirado da vida pública.

O monarca, de 96 anos, foi internado ontem no hospital particular King Edward VII, no centro de Londres, para a intervenção cirúrgica, mas a residência da família real britânica não apresentou detalhes sobre seu estado de saúde.

No último domingo, o príncipe esteve ausente da missa de Páscoa, celebrada no castelo de Windsor, nos arredores de Londres.

Segundo os veículos de imprensa, Philip está com dores há um mês, fazendo com que os médicos decidissem pela operação.

O marido da rainha deixou a vida pública no ano passado, embora costuma ser visto ocasionalmente para apoiar alguma organização beneficente ou para acompanhar Elizabeth II.

A operação vai acontecer antes de uma agenda importante para a família real, que vai celebrar no próximo dia 19 de maio o casamento do príncipe Harry, neto de Elizabeth II, e a sua noiva, a americana Meghan Markle.

Além disso, no final de mês Kate Cambridge, esposa do príncipe William, dará à luz ao seu terceiro filho.

No ano passado, após o anúncio oficial da retirada do príncipe Philip, o Palácio de Buckingham deixou claro que a decisão não estava relacionada com algum problema de saúde.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos