Evo Morales envia mensagem de apoio a Lula contra a prisão

La Paz, 6 abr (EFE).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, enviou nesta sexta-feira uma mensagem de apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que pode ser preso ainda hoje.

"O império, que usou golpes militares para derrubar presidentes do povo, hoje usa golpes judiciais para destituir e bloquear líderes anti-imperialistas. Nem a ordem de prisão nem a sentença política frearão a vontade do povo de lugar com Lula da Silva. Força Lula!", escreveu Morales em sua conta oficial no Twitter.

Morales é um dos líderes latino-americanos que mais mostrou apoio a Lula desde o início das acusações. O presidente boliviano considera que o processo é uma manobra para evitar que o petista volte a governar o Brasil.

O ex-presidente passou a noite no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, com aliados políticos e militantes, à espera do horário de cumprimento da ordem de prisão. O juiz federal Sergio Moro determinou que Lula se entregue à Polícia Federal em Curitiba até às 17h de hoje.

Lula afirmou que a prisão é uma "perseguição política" que busca afastá-lo da disputa eleitoral de outubro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos