Procuradoria alemã decreta liberdade imediata de Puigdemont

Neumünster (Alemanha), 6 abr (EFE).- A Procuradoria Geral de Schleswig-Holstein informou nesta sexta-feira que Puigdemont pagou a fiança estipulada de 75 mil euros imposta ontem pela Audiência Territorial desse estado federado e decretou sua liberdade "imediata".

Segundo explicou em comunicado, o político independentista comunicou também que o local onde vai residir na Alemanha enquanto o tribunal estuda sua entrega à Espanha por desvio de fundos públicos, depois de descartar o crime de rebelião.

A Procuradoria, que disse que não divulgará esse endereço, informou à prisão de Neumünster às 11h14 (6h14, em Brasília) que o político independentista poderia ser colocado em liberdade de forma imediata.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos