Lula deixa sede de sindicato para se entregar à polícia

São Bernardo do Campo (SP), 7 abr (EFE).- O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou neste sábado a sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP), em meio a um grande tumulto, para se entregar às autoridades e cumprir pena de 12 anos e um mês de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro.

Lula deixou a pé do sindicato em um clima de tensão provocado por militantes que tentaram evitar sua saída e entrou em um veículo da Polícia Federal que o esperava nas imediações.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos