Putin envia mensagem de Páscoa a fiéis ortodoxos

Moscou, 8 abr (EFE).- O presidente da Rússia, Vladimir Putin, transmitiu neste domingo uma mensagem de Páscoa aos milhões de fiéis ortodoxos que participam da principal festividade religiosa do país.

"A grande festa da Páscoa inspira nos corações de milhões de fiéis os sentimentos mais sinceros e bondosos, os encoraja a realizar boas ações", disse o governante.

Putin, um fiel confesso, destacou "a grande carga moral" e a capacidade unificadora da Páscoa ortodoxa, que neste ano não coincide com a católica.

O mandatário reconheceu o grande trabalho da Igreja Ortodoxa e, em particular, do patriarca Kirill na defesa da conciliação nacional, dos valores familiares e da solução dos problemas sociais.

Putin compareceu na noite do último sábado à missa pascal celebrada por Kirill na catedral de Cristo Salvador, o principal templo ortodoxo da Rússia, em Moscou.

Como é tradição, o presidente e o patriarca ortodoxo trocaram presentes, que no caso de Putin se tratou de um exemplar único de ovo de Páscoa feito por artesãos de Cheliabinsk.

O chefe do Kremlin comparece a essa catedral para celebrar a Páscoa desde que assumiu o poder, há 18 anos, mas passa o Natal em uma igreja diferente a cada ano.

A grande maioria dos russos, fiéis ou não, lembram a Páscoa pintando ovos cozidos e cozinhando o tradicional panetone "Kulich" e a sobremesa de requeijão "Pasja".

Mais de 70% dos habitantes do país se consideram ortodoxos, mas o número de praticantes é muito menor. Segundo as pesquisas, a metade dos russos não acredita em Deus, mas considera que ser ortodoxo é sinônimo de ser russo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos