Topo

Pyonyang diz aos EUA que Kim está disposto a abordar desnuclearização

08/04/2018 19h17

Washington, 8 abr (EFE).- A Coreia do Norte informou aos Estados Unidos que seu líder, Kim Jong-un, está aberto e preparado para falar sobre a desnuclearização da península da Coreia, informou neste domingo o "The Wall Street Journal", citando fontes oficiais americanas.

"Os EUA confirmaram que Kim Jong-un está disposto a discutir a desnuclearização da península coreana", afirmou um funcionário do governo de Donald Trump ao jornal.

As informações de chegam um dia depois de a emissora "CNN" revelar a existência de um canal secreto entre Washington e Pyongyang para preparar a próxima cúpula entre Kim e o presidente americano.

O diretor da CIA, Mike Pompeo, nomeado por Trump para ser secretário de Estado, coordenou as conversas para a cúpula, prevista para o final de maio ou o início de junho.

No entanto, ainda não há uma data concreta e um local para a reunião, já que os norte-coreanos querem que aconteça em Pyongyang, enquanto se cogita a possibilidade de o encontro ser em Ulaanbaatar, capital da Mongólia.

Trump concordou em se reunir com Kim depois que um enviado da Coreia do Sul transmitiu o convite do líder norte-coreano ao presidente americano no mês passado.

A Casa Branca disse que Trump esperava que Kim tomasse "medidas" concretas antes da reunião.

O possível encontro vai acontecer depois de um ano muito tenso entre os dois líderes, no qual a Coreia do Norte fez vários testes de mísseis balísticos, ao que Trump respondeu com duras advertências e se referindo a Kim com termos depreciativos como "pequeno homem foguete".

Kim, por sua vez, desafiou as advertências da comunidade internacional para deter seus testes nucleares e chamou Trump de "idiota".