Somália apreende US$ 9,5 milhões em avião procedente dos EAU

Mogadíscio, 9 abr (EFE).- As forças de segurança da Somália interceptaram um avião no aeroporto de Mogadíscio que continha três bolsas com US$ 9,5 milhões procedentes dos Emirados Árabes Unidos (EAU), informou nesta segunda-feira a imprensa local.

O avião, um Boeing 737, aterrissou no aeroporto internacional Aden Abdulle de Mogadíscio procedente de Abu Dhabi ontem, quando foi interceptado pelas forças de segurança somális.

O Ministério de Segurança confirmou que tinham apreendido US$ 9,5 milhões e que estão investigando a origem, para quem eram e os responsáveis de introduzi-los no país, segundo o jornal "Garowe".

O embaixador dos EAU na Somália, Mohammed Ahmed Othman al Hammadi, disse à rádio somáli "The Voice of America" que o dinheiro ia ser usado para pagar salários de militares do Ministério de Defesa e não destinado à Embaixada.

"O Governo da Somália estava informado de que o dinheiro vinha para pagar suas forças de segurança", disse Ael Hammadi, que encontrava-se no aeroporto para receber o avião.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos