Trump diz que se reunirá com Kim Jong-un em maio ou no início de junho

Washington, 9 abr (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta segunda-feira que a história reunião com o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, pode ocorrer em maio ou no início de junho, mas não deu detalhes sobre o local do encontro.

"Nós estamos vendo com eles em algum momento de maio ou do começo de junho. Acredito que haverá grande respeito de ambas as partes e espero haver um acordo para a desnuclearização", disse Trump no início de uma reunião com secretários do governo na Casa Branca.

"Será um encontro muito interessante, muito interessante para o mundo", completou o presidente americano.

Trump afirmou, além disso, que deseja que as relações entre EUA e a Coreia do Norte sejam muito diferentes após o encontro.

Ainda há dúvida sobre o local da reunião entre Trump e Kim Jong-un. No entanto, há rumores de que o encontro pode ocorrer em Ulan Bator, capital da Mongólia.

As declarações de Trump ocorrem depois de o "The Wall Street Journal", citando fontes do governo, ter revelado que a Coreia do Norte informou aos EUA que Kim está aberto e preparado para falar sobre a desnuclearização, condição exigida pela Casa Branca.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos