Malásia realizará eleições gerais em 9 de maio

Bangcoc, 10 abr (EFE).- O Comitê Eleitoral da Malásia anunciou nesta terça-feira a realização de eleições gerais no próximo dia 9 de maio, nas quais o atual primeiro-ministro, Najib Razak, concorrerá contra seu mentor e antigo líder malaio, Mohamad Mahathir.

O período de campanha eleitoral será de 11 dias, apontou Mohd Hashem, diretor do órgão eleitoral, e 14,9 milhões de malaios estão convocados às urnas.

Najib obteve na semana passada o consentimento protocolar para dissolver o legislativo por parte do sultão de Kelantan, que este ano exerce a chefia de Estado rotatória.

O primeiro-ministro desde 2009 se apresentará pela segunda vez à reeleição como candidato da Organização Nacional dos Malaios Unidos (UMNO), o maior membro da coalizão Frente Nacional (Barisan Nasional) que governa o país desde 1973.

O dirigente foi reeleito após as eleições de 2013, apesar de conseguir menos votos do que a coalizão opositora, graças à lei eleitoral que prioriza a representação das áreas rurais e da maioria malaia.

Seu último mandato foi marcado pela prisão do líder opositor, Anwar Ibrahim, condenado em 2015 a cinco anos de prisão por um crime de sodomia, e pelo escândalo de corrupção vinculado a um fundo estatal de investimentos.

Uma investigação do "The Wall Street Journal" e do portal "Sarawak Report" revelou em 2015 o desvio de US$ 700 milhões do fundo 1Malaysia Development Berhard (1MDB) para as contas pessoais do primeiro-ministro.

Najib e 1MDB negaram ter cometido qualquer crime e uma investigação da Procuradoria malaia exonerou o primeiro em janeiro de 2016.

A coalizão opositora Pakatan Harapan será liderada pelo ex-primeiro-ministro Mohamad Mahathir, de 92 anos, que foi chefe de Governo durante mais de duas décadas (1981-2003) e impulsionou dentro da UMNO a liderança de Najib.

Mahathir concorre nas eleições à frente do partido Keadilan Rakyat, antes liderado por Anwar, e após a suspensão para fazer qualquer atividade política durante 30 dias imposta na última sexta-feira contra seu próprio partido, o Pribumi Bersatu Malaysia. EFE

nc/cs

(foto)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos