Ataque com bomba mata 8 policiais no noroeste da Colômbia

Bogotá, 11 abr (EFE).- Oito policiais colombianos morreram nesta quarta-feira em uma emboscada com explosivos em San Pedro de Urabá, no departamento de Antioquia, no noroeste do país.

Os agentes acompanhavam funcionários da Unidade de Restituição de Terras quando foram encurralados e o artefato explodiu, de acordo com comunicado divulgado pela Polícia da Colômbia.

"O saldo parcial é de oito policiais mortos e uma viatura afetada pela detonação de uma bomba", indicou a nota.

Apesar de as autoridades da Colômbia não saberem quem foram os autores do ataque, diferentes organizações criminosas operam na região de Urabá, entre elas o Clã do Golfo, a maior do país.

A Polícia da Colômbia condenou o ataque, o classificou como um "ato terrorista" e expressou condolências às famílias das vítimas.

O Exército iniciou uma operação nas regiões rural e urbana de San Pedro de Urabá para buscar o grupo responsável pelo atentado.

O Clã do Golfo nasceu após a desmobilização das Autodefesas Unidas da Colômbia (AUC) em 2006, se transformando no grupo criminoso mais procurado do país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos