Topo

Presidente da Argélia decreta 3 dias de luto nacional por acidente aéreo

11/04/2018 12h36

Argel, 11 abr (EFE).- O presidente da Argélia, Abdelaziz Bouteflika, decretou nesta quarta-feira três dias de luto nacional pela morte de 257 pessoas no pior acidente aéreo da história do país, segundo informou o escritório da presidência.

Em comunicado, o governante pediu que a oração muçulmana comunitária e o sermão das sextas-feiras em todo o país sejam dedicados às vítimas do acidente.

O avião, de fabricação russa e classe Ilyushin, caiu poucos minutos depois de decolar da base militar de Bufarik, próxima da capital, e explodiu ao impactar um campo agrícola, como é possível ver em imagens reproduzidas por uma televisão estatal.

O acidente matou 247 passageiros e dez tripulantes que seguiam para a cidade de Tinduf, próxima à fronteira com a Argélia e porta de entrada aos campos de refugiados saarauís.

Este é o acidente aéreo mais grave da Argélia desde 2014, quando 77 pessoas morreram na queda de um avião de militar na região montanhosa de Oum El Bouaghi, 500 quilômetros ao leste de Argel.