Topo

Duterte perde popularidade, mas mantém apoio de 70% dos filipinos

12/04/2018 10h21

Manila, 12 abr (EFE).- O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, goza do apoio de 70% dos filipinos, segundo pesquisa publicada nesta quinta-feira, o que representa uma queda de 13 pontos percentuais em relação a dezembro passado.

Cerca de 70% dos filipinos entrevistados asseguraram estar satisfeitos, 14% se mostraram insatisfeitos e 17% estavam indecisos com relação à gestão de Duterte, segundo os resultados de uma pesquisa elaborado em março pela consultoria local SWS em uma amostra de 1.200 pessoas.

Em uma pesquisa similar realizada pela mesma agência em dezembro, o chefe de Estado recebeu o apoio de 83% dos entrevistados, enquanto a proporção de indecisos foi de 10% e a de insatisfeitos de 7%.

A popularidade de Duterte, conhecido pela sua campanha antidroga que causou mais de 7.000 mortos, diminuiu especialmente na região metropolitana de Manila e entre as classes pobres do país, e apenas não experimentou mudanças nas ilhas centrais e sulinas, além de entre as classes médias e altas.

O presidente filipino retomou no começo do ano a "guerra contra as drogas", após suspendê-la pela segunda vez por causa de escândalos de corrupção que atingiram a Polícia.

Os casos de corrupção, segundo especialistas, poderiam ter influído na avaliação do presidente pelos filipinos.

Por outro lado, os casos de roubos, assaltos e estupros caíram pela metade no país, segundo os dados oficiais, o que contribuiu para que a "guerra antidroga" tenha um apoio majoritário dos filipinos.