Guterres pede que se evite que conflito da Síria fique "fora de controle"

Nações Unidas, 14 abr (EFE).- O secretário-geral da ONU, António Guterres, fez um apelo neste sábado para que se evite que a situação na Síria fique "fora de controle" e isso "piore o sofrimento do povo sírio".

"Peço a todos os Estados-membros para que mostrem moderação nestas perigosas circunstâncias", afirmou Guterres em uma sessão de urgência convocada pelo Conselho de Segurança após o ataque lançado nas últimas horas por Estados Unidos, Reino Unido e França.

A reunião, a quinta desta semana do principal órgão de decisões da ONU sobre a Síria, foi convocada a pedido da Rússia horas depois do anúncio deste ataque contra posições do regime de Bashar al Assad.

Em seu discurso, Guterres fez uma apuração dos últimos fatos a partir do ataque realizado na madrugada deste sábado e que, segundo o Pentágono, incluiu o lançamento de mais de uma centena de mísseis contra distintas posições o regime de Assad.

O secretário-geral da ONU pediu a todas as partes que respeitem a Carta das Nações Unidas, e o direito internacional em geral, e acrescentou que é responsabilidade do Conselho de Segurança a manutenção da paz e da segurança.

Guterres pediu que se evitem "atos que possam gerar uma escalada" das tensões na região, onde há diversos países envolvidos em um conflito que começou em 2011 e já deixou centenas de milhares de mortos.

Também exigiu que se faça uma investigação imparcial do suposto uso de armas químicas na cidade de Duma, há uma semana, o que suscitou a resposta militar de EUA, Reino Unido e França.

Essa investigação, segundo Guterres, deve ser feita por "especialistas imparciais, independentes e profissionais".

"A situação na Síria representa atualmente a ameaça mais séria contra a paz e a segurança internacional", ressaltou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos