Macron elogia "excelente coordenação" nos bombardeiros na Síria

Paris, 14 abr (EFE).- O presidente da França, Emmanuel Macron, elogiou neste sábado a "excelente coordenação" das forças francesas com seus aliados dos Estados Unidos e do Reino Unido no ataque da madrugada passada contra alvos do regime sírio supostamente relacionados com a produção e armazenamento de armas químicas.

Macron conversou por telefone com o presidente americano, Donald Trump, e com a primeira-ministra britânica, Theresa May, segundo informou em comunicado o Palácio do Eliseu, sede da presidência francesa.

Nessas conversas Macron expressou sua satisfação por ter "alcançado seus objetivos" na ofensiva contra as supostas instalações químicas do regime sírio.

"O Conselho de Segurança da ONU deve agora retomar, em unidade, a iniciativa nos âmbitos políticos, químicos e humanitários, para assegurar a proteção da população civil da Síria e para que este país reencontre a paz", acrescentou.

Em todos esses campos, a França segue "propondo e atuando como faz há 11 meses", quando Macron chegou à presidência, completou a nota.

Pouco antes, a ministra de Defesa francesa, Florence Parly, tinha qualificado a operação como "um sucesso" e tinha destacado a ausência de "incidentes entre nossas forças e as outras forças presentes na região", em alusão indireta à Rússia e ao Irã.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos