Papa diz estar preocupado com "incapacidade" para se chegar a acordo na Síria

  • Filippo Monteforte/AP

Cidade do Vaticano, 15 abr (EFE).- O papa Francisco disse neste domingo se sentir "profundamente preocupado" com "a incapacidade" de se chegar a uma ação comum destinada à paz na Síria.

Ao término da oração do Regina Coeli na Praça de São Pedro, no Vaticano, Francisco lamentou que "apesar dos instrumentos à disposição da comunidade internacional, custe chegar a uma ação comum a favor da paz na Síria e em outras regiões do mundo".

O papa afirmou que reza "incessantemente pela paz", convidou todas as pessoas de boa vontade a fazê-lo e fez um apelo "a todos os responsáveis políticos para que prevaleça a justiça e a paz".

O pontífice assim se pronunciou após a ofensiva coordenada por Estados Unidos, França e Reino Unido contra alvos militares na Síria em represália ao suposto ataque com armas químicas em Duma por parte do regime de Bashar al-Assad.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos