Segurança é reforçada em Nova York após atropelamento em Toronto

Nova York, 23 abr (EFE).- A polícia de Nova York afirmou nesta segunda-feira que está acompanhando de perto as notícias sobre o atropelamento na cidade canadense de Toronto e reforçou as medidas de segurança como medida de precaução.

Pelo menos nove pessoas morreram hoje em Toronto e outras 16 ficaram feridas após serem atropeladas por uma van que subiu na calçada de uma movimentada rua da cidade canadense.

Em comunicado, o Departamento de Polícia de Nova York disse que estava seguindo de perto essa situação, em coordenação com uma unidade especial antiterrorista.

Trata-se do procedimento habitual que se aplica quando há algum atentado em outras cidades dos Estados Unidos, com alvos que podem ter semelhanças com locais icônicos de Nova York.

A nota oficial afirma que, como parte dessas medidas, foram reforçadas as medidas de segurança em "lugares chamativos", à espera de receber maior informação.

"Até agora, não se conhece nenhum vínculo com a cidade de Nova York", acrescenta a nota oficial.

Nova York foi palco de um atentado cometido no último dia 31 de outubro por um suposto terrorista, que atropelou várias pessoas em uma pista para bicicletas, com um saldo de oito mortos e 12 feridos.

Por esse atentado foi indiciado o imigrante uzbeque Sayfullo Saipov, com supostas simpatias pelo Estado Islâmico (EI).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos