Primeiro-ministro de Cingapura anuncia remodelação do Governo

Bangcoc, 24 abr (EFE).- O primeiro-ministro de Cingapura, Lee Hsien Loong, anunciou nesta terça-feira uma remodelação do Governo mais ampla do que as anteriores para dar chance às gerações de jovens políticos.

"Os ministros mais jovens assumirão progressivamente a responsabilidade de governar Cingapura. Depois desta mudança, eles representarão dois terços dos ministérios (exceto Transporte, Saúde, Defesa, Interior e Justiça)", explicou Lee nas redes sociais.

"Está em andamento a transição de liderança que acontecerá nos próximos anos", acrescentou o governante, de 66 anos e que anunciou que pensa em se aposentar após as eleições gerais previstas para 2021.

Em 1 de maio, entrarão em vigor as mudanças anunciadas, com salvas exceções, e que contemplam a saída dos ministros Lim Hng Kiang (Comércio e Indústria), Lim Swee Say (Trabalho) e Yaacob Ibrahim (Comunicações e Informação).

S. Iswaran, de 55, ocupará o cargo de Comunicações e Informação; Josephine Teo, de 49, de Trabalho; e Chan Chun Sing, de 48, de Comércio e Indústria.

As mudanças incluem repartição de responsabilidades e promoções, como a de Edwin Tong a ministro de Estado veterano, nomeação que será efetiva em 1 de julho.

O Partido de Ação Popular (PAP, centro-direita), fundado por Lee Kuan Yew, o pai da Cingapura moderna e de Lee Hsien Loong, governa o país ininterruptamente desde as eleições de 1959.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos