PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Local de reunião entre líderes das Coreias tem mesa que reduz 'distância psicológica'

Interior da Peace House, o edifício fronteiriço que receberá a cúpula das duas Coreias - South Korea Presidential Blue House/AP
Interior da Peace House, o edifício fronteiriço que receberá a cúpula das duas Coreias Imagem: South Korea Presidential Blue House/AP

Em Seul

25/04/2018 10h01

O Governo sul-coreano revelou nesta quarta-feira o interior da Peace House, o edifício fronteiriço que receberá na sexta-feira a cúpula das duas Coreias e cujo interior foi renovado para a histórica reunião.

A proximidade na qual estarão sentados os dois líderes, o tamanho da mesa, que coincide com a data da cúpula, e até o quadro que decora a sala com carpete azul são alguns dos elementos que foram levados em conta para o encontro de sexta-feira.

Em um vídeo e fotografias facilitadas por Seul, é possível ver a renovada sala de conferências do segundo andar da Peace House, onde vai acontecer a reunião entre o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, e que ganhou uma nova mesa de madeira e novas cadeiras.

A mesa é oval para reduzir entre os participantes "a distância psicológica", que já gera a divisão dos dois países e em sua parte central mede 2.018 milímetros de largura, para simbolizar o ano da histórica reunião, segundo explicou hoje o escritório presidencial sul-coreano em comunicado.

Apesar de ainda se desconhecer a composição das delegações que acompanharão Moon e Kim, foram colocadas três cadeiras de cada lado das poltronas que ocuparão os dois líderes e no apoio de cada um destes assentos foi gravada a imagem da península unificada.

Também foi pendurado um enorme quadro (de 6 por 1,80 metros) na parede do fundo da sala que retrata o monte Kumgang, idílica paisagem norte-coreano na qual ambos países operaram um recinto turístico conjunto até 2008, antes da piora de relações.

A Peace House, construída em 1989 e palco de várias reuniões intercoreanas (embora nunca uma cúpula) e condicionado nos últimos dias, é um edifício com três andares, terraço e porão operado pelo Serviço Nacional de Inteligência (NIS) sul-coreano.

O terceiro andar acolhe a sala onde ambos líderes desfrutarão de um banquete - cujo menu também foi cuidado aos detalhes com especialidades que simbolizam os esforços de aproximação de ambos países - e o terraço é um grande miradouro com uma parte coberta.

A Peace House está situada a 130 metros ao sul da linha de demarcação militar que divide em dois a zona de segurança conjunta (JSA).

Isto representa que Kim será o primeiro líder a atravessar a linha após o fim da Guerra da Coreia (1950-1953) e a pisar tecnicamente em solo do Sul.

Internacional