Jimmy Morales lamenta morte de ex-presidente da Guatemala

Cidade da Guatemala, 27 abr (EFE).- O presidente da Guatemala, Jimmy Morales, expressou nesta sexta-feira seu pesar pela morte do ex-presidente e atual prefeito da capital, Álvaro Arzú Irigoyen, um "amigo" a quem definiu como "um grande homem".

"A Guatemala perdeu um grande homem que dedicou sua vida a servir. Estadista, líder e um verdadeiro amigo. Descanse em paz, Álvaro Arzú. Minhas condolências à sua família", escreveu o atual presidente nas suas redes sociais depois de saber de sua morte ocorrida hoje por causa de um infarto.

Morales e Arzú mantinham uma estreita relação que levou o cinco vezes prefeito da Cidade de Guatemala a reiterar seu apoio ao atual presidente em várias ocasiões, inclusive nos momentos mais complicados dos seus dois anos à frente da presidência.

De fato, na última aparição pública do prefeito na terça-feira passada também esteve presente o presidente, a quem Arzú lhe dedicou um curioso versículo bíblico de Josué.

"Veja que te mando que se esforce, que seja valente. Não tema nem desmaie", recitou Arzú.

Arzú Irigoyen, de 72 anos, foi presidente da Guatemala entre 1996 e 2000, período durante o qual assinou os acordos de paz com a guerrilha para pôr fim a 36 anos de conflito armado interno.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos