Taiwan anuncia a ruptura de laços diplomáticos com República Dominicana

Taipé, 1 mai (EFE).- Taiwan rompeu nesta terça-feira (data local) os laços diplomáticos com a República Dominicana, após o país caribenho anunciar, em Pequim, o estabelecimento das relações com a China e fim das relações com Taipé.

O ministro das Relações Exteriores de Taiwan, Joseph Wu, anunciou, em entrevista coletiva, a ruptura dos laços "para preservar a dignidade nacional" e a "suspensão imediata de todos os projetos de cooperação e ajuda".

O diplomata culpou a China pela ruptura, por sua oferta de "incentivos financeiros" e promessas de investimentos e ajuda ao país caribenho, com o objetivo de encerrar a relação com Taiwan.

O ministro das Relações Exteriores da República Dominicana, Miguel Vargas, anunciou a ruptura com Taiwan em entrevista coletiva em Pequim, ao lado do chanceler chinês, Wang Yi, enquanto de forma simultânea, o Consultor Jurídico do Poder Executivo dominicano, Flavio Darío Espinal, fazia o anúncio no Palácio Nacional da Presidência, em Santo Domingo.

Espinal disse que o governo dominicano adere ao princípio de "uma só China" e reconhece que Taiwan é parte deste país.

Com esta ruptura, Taiwan ficou apenas com 19 aliados diplomatas, dez deles na América Latina e Caribe, que continua sendo a região com maior apoio diplomático para a ilha.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos