Especialistas corroboram bom estado das instalações nucleares norte-coreanas

Seul, 1 mai (EFE).- O centro de testes nucleares da Coreia do Norte permanece totalmente operacional, segundo afirma nesta terça-feira um site especializado, o que "corrobora" o anúncio realizado pelo líder norte-coreano, Kim Jong-un, sobre o bom estado das instalações.

Esta nova análise sobre o centro de testes nucleares de Punggye-ri é publicado depois que o Norte se ofereceu para desmantelá-lo em maio para observadores e jornalistas estrangeiros por causa do seu compromisso desnuclearizador alcançado na cúpula intercoreana da última sexta-feira.

As instalações de Punggye-ri "seguem sendo viáveis" e "poderiam abrigar futuros testes nucleares subterrâneos" se Pyongyang assim decidir, segundo explica o site especializado "38North", a partir da análise de novos dados obtidos por radar.

Os dados também corroboram as boas condições de dois túneis no centro, ao contrário do que havia sido previamente concluído por outros especialistas que apontaram que as instalações foram irreversivelmente danificadas após a sexta (e mais potente até o momento) detonação nuclear subterrânea realizada por Pyongyang em setembro do ano passado.

Pyongyang se ofereceu para fechar permanentemente o centro onde realizou seus seis testes atômicos depois que os dois países se comprometeram com a "completa desnuclearização" da península na cúpula entre o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, e o líder norte-coreano, segundo informou Seul no último sábado.

Durante a histórica cúpula, Kim propôs a Moon que o fechamento de Punggye-ri fosse realizado publicamente para ressaltar o compromisso de Pyongyang com a desnuclearização.

"Alguns dizem que estamos fechando instalações que são inutilizáveis, mas você verá que elas estão em muito boas condições", disse Kim ao presidente sul-coreano.

Apesar do chamado portal norte - onde a Coreia do Norte realizou cinco dos seus seis testes atômicos - parecer abandonado, foi detectado a construção de novos túneis em outra seção do centro de testes nucleares de Punggye-ri, segundo explica o "38North".

Estes novos corredores permitiriam o uso das instalações subterrâneas e descartariam a ideia proposta por alguns analistas que a Coreia do Norte anunciou o fechamento de Punggye-ri aproveitando que as instalações teriam ficado totalmente inúteis, diz o site especializado, ligado à Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos