Brasileiros são detidos com 5,4 kg de cocaína em aeroporto do Marrocos

  • Getty Images

Rabat, 8 mai (EFE).- Cinco passageiros de um voo procedente de São Paulo - três brasileiros e dois sul-africanos - em cujos intestinos foram encontrados 5,4 quilos de cocaína distribuídos em 481 cápsulas, foram detidos pela polícia marroquina no aeroporto Mohammed V de Casablanca.

Segundo um comunicado da Direção Geral da Segurança Nacional (DGSN) divulgado nesta terça-feira pela agência oficial "MAP", o fato ocorreu na quinta-feira passada, quando os cinco indivíduos despertaram as suspeitas dos agentes ao passar pelos controles aeroportuários.

Posteriormente, foram transferidos ao hospital Ibn Rochd da cidade marroquina, onde foram extraídas as cápsulas de cocaína de seus intestinos.

Depois de serem tratados, os cinco homens ficaram à disposição judicial, sob a supervisão do departamento competente para o caso.

O voo da Royal Air Maroc entre São Paulo e Casablanca é o único que conecta um aeroporto marroquino com um destino sul-americano e se transformou em uma "rota" para os pequenos traficantes, em sua maioria africanos, mas também latino-americanos, que introduzem cocaína no Marrocos com a intenção de passar depois aos continentes africano e europeu.

O tráfico de drogas, antes quase inexistente no Marrocos, é cada vez mais habitual devido, sobretudo, à privilegiada posição geográfica do país.

Em 2017, a polícia marroquina confiscou 2,84 toneladas de cocaína.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos