Israel mandou "uma mensagem clara ao Irã", diz presidente do Parlamento

Jerusalém, 10 mai (EFE).- Israel enviou "uma mensagem clara aos seus inimigos e ao Irã", disse nesta quinta-feira o presidente do Parlamento, Yuli Edelstein, se referindo ao ataque lançado durante a madrugada contra dezenas de alvos militares iranianos na Síria, considerada a maior ofensiva dos últimos anos.

"As regras do jogo mudaram", afirmou o político israelense, antes de acrescentar: "não toleraremos nenhuma ameaça à segurança de nossos cidadãos e não aceitaremos de perto o estabelecimento de forças iranianas hostis", se referindo a presença militar iraniana em território sírio.

Israel sofreu ontem à noite o ataque de aproximadamente 20 foguetes contra sua linha de defesa das Colinas de Golã, território sírio ocupado parcialmente pelos israelenses desde 1967, do qual acusou a "força iraniana Al Quds", a unidade de elite da Guarda Revolucionária do Irã.

Segundo fontes militares israelenses, quatro dos foguetes foram interceptados e o restante caiu em solo sírio.

O ataque iraniano foi lançado dos arredores de Damasco, cerca de 30 ou 40 quilômetros da fronteira e não deixou feridos ou danos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos