Primeiro-ministro da Malásia anuncia anistia ao político Anwar Ibrahim

Bangcoc, 11 mai (EFE).- O primeiro-ministro da Malásia, Mahathir Mohamad, anunciou nesta sexta-feira que o rei do país, o sultão Muhammad V, está disposto a conceder o perdão real para o político Anwar Ibrahim, condenado à prisão pelo crime de sodomia.

"(Anwar) deve ser libertado imediatamente depois que for perdoado. Então ele estará livre para participar da política", afirmou Mahathir, que jurou o cargo ontem à noite, depois de vencer as eleições, na última quarta-feira.

Mahathir, que aos 92 anos retornou à arena política para enfrentar seus antigos aliados da Organização Nacional dos Malaios Unidos (UMNO), abriu a possibilidade que Anwar tenha algum cargo no governo após sua liberdade.

Em entrevista coletiva em Kuala Lumpur, o atual primeiro-ministro, que já havia ocupado o cargo entre 1981 e 2003, afirmou que inicialmente criará um gabinete de aproximadamente dez ministérios, que deve ser anunciado amanhã, segundo divulgou a emissora "Channel NewsAsia".

O bloco Patakan Harapan (Pacto pela Esperança), liderado por Mahathir, juntamente com seus parceiros, supera a maioria do Parlamento malaio, composto por 222 membros, com pelo menos 121 cadeiras conseguidas no pleito.

Em princípio, o acordo entre Mahathir e a plataforma de oposição é que, após vencer as eleições, o primeiro dirigirá o governo até que Anwar Ibrahim, quem cumpre uma condenação de cinco anos por um crime de sodomia, possa substitui-lo.

Mahathir e Anwar colocaram em segundo plano os confrontos que protagonizaram no passado para enfrentar, segundo eles, um perigo maior: o agora ex-primeiro-ministro Najib Razak, suspeito de ter transferido para sua conta cerca de US$ 700 milhões procedentes de um fundo de investimento do governo.

Anwar foi vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças de Mahathir quando em 1999, sua ascensão política foi interrompida..

Foi expulso da UNMO, detido, acusado de abuso de poder e sodomia, julgado e condenado à prisão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos