Turistas britânicos são sequestrados na RDC

Kinshasa, 11 mai (EFE).- Dois turistas do Reino Unido foram sequestrados nesta sexta-feira no Parque Nacional de Virunga da República Democrática do Congo (RDC) junto com um guarda congolês da reserva que os acompanhava, em um ataque no qual outro guarda morreu.

Os turistas foram atacados por rebeldes ainda não identificados no parque, famoso pelos seus gorilas e situado na província do Kivu do Norte (nordeste do país), confirmou à Agência Efe o assessor de comunicação do diretor-geral do Instituto Congolês para a Conservação da Natureza (ICCN), Dieudonné Sidia.

"Efetivamente, há dois turistas (...) que acabam de ser sequestrados por elementos de grupos armados. Ainda não sei sua nacionalidade, mas a informação que recebemos nos indica que são ingleses", disse Sidia à Efe em conversa por telefone.

"O incidente aconteceu enquanto o diretor-geral (do ICCN) estava lá no Parque de Virunga com alguns membros do Governo nacional. Ainda não está claro o que realmente passou", explicou a mesma fonte.

Segundo Sidia, vários grupos armados congoleses e estrangeiros operam na região, por isso que é complicado saber neste momento quem pode estar por trás do sequestro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos