Estado Islâmico assume autoria de atentado contra edifício do governo afegão

Cairo, 13 mai (EFE).- O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) assumiu a autoria do atentado cometido neste domingo contra um edifício governamental na cidade de Jalalabad, no leste do Afeganistão, no qual morreram nove pessoas.

Um breve comunicado divulgado pela agência "Amaq", vinculada aos jihadistas e cuja autenticidade não pôde ser verificada, indica que os radicais efetuaram "uma operação suicida com um carro-bomba que atingiu uma sede do Ministério da Fazenda na província de Nangarhar", da qual Jalalabad é a capital.

O grupo extremista, no entanto, não informa de vítimas mortais no atentado.

Nove pessoas, incluindo um dos terroristas, morreram em uma ação contra um edifício do departamento de alfândegas, afirmou hoje à Agência Efe Attaullah Khogianai, porta-voz do governador de Nangarhar.

Nas últimas semanas, vários ataques insurgentes causaram a morte de dezenas de pessoas no Afeganistão.

Em menos de um mês, 86 cidadãos morreram e 185 ficaram feridos em diferentes ataques a centros de registro de eleitores no Afeganistão desde que começou o processo de inscrição em 14 de abril para as eleições parlamentares, segundo dados da Missão das Nações Unidas para o Afeganistão (UNAMA).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos