EUA querem "mudança estratégica" de Kim para Coreia ser "nação normal"

Washington, 13 mai (EFE).- O governo dos Estados Unidos afirmou neste domingo que Kim Jong-un deve adotar uma "mudança estratégica" para conseguir uma "transição bem-sucedida" e se transformar em uma "nação normal", semanas antes do encontro entre o líder norte-coreano e o presidente americano, Donald Trump, em Cingapura, no próximo dia 12 de junho.

"Temos os olhos bem abertos a respeito dos riscos, mas é o nosso fervente desejo de que o presidente Kim queira fazer uma mudança estratégica", disse Mike Pompeo, secretário de Estado dos EUA.

Pompeo ressaltou que "se (Kim) está preparado para fazer isso, o presidente Trump está pronto para assegurar que pode ser uma transição bem-sucedida".

O secretário de Estado fez estas declarações na emissora "Fox" dias depois de retornar da Coreia do Norte onde se reuniu com Kim, e após conseguir a libertação de três americanos detidos no país asiático.

Pompeo assumiu o cargo como secretário de Estado no último dia 26 de abril depois de ter dirigido a CIA durante 15 meses.

Por sua parte, o assessor de Segurança Nacional da Casa Branca, John Bolton, indicou que o objetivo das conversas em andamento para conseguir a desnuclearização da península coreana é que a Coreia do Norte se transforme em uma "nação normal".

"Que se comporte e interaja com o resto do mundo como faz a Coreia do Sul", disse Bolton em entrevista à emissora "CNN".

A aproximação entre Pyongyang e Washington deu mais um passo este sábado quando a Coreia do Norte anunciou que está tomando "medidas técnicas" para desmantelar seu centro de testes nucleares, algo que fará entre os dias 23 e 25 de maio.

A medida foi elogiada pouca depois pelo presidente Trump como um gesto "muito inteligente e gentil".

Esta histórica reunião entre Kim e Trump será a primeira entre os líderes dos Estados Unidos e da Coreia do Norte após quase 70 anos de confronto iniciado com a Guerra da Coreia (1950-1953) e mais de um quarto de século de fracassadas negociações.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos