Aloysio Nunes chega à China para reforçar cooperação

Pequim, 14 mai (EFE).- O ministro das Relações Exteriores Aloysio Nunes iniciou nesta segunda-feira uma visita à China para reforçar a cooperação com o país em assuntos como a luta contra o protecionismo e a mudança climática.

Ele se encontrou com o vice-presidente da China, Wang Qishan, em Pequim, e amanhã deve se reunir com os ministros das Relações Exteriores Wang Yi e de Comércio Zhong Shan. A expectativa é de que amanhã o ministro de Agricultura brasileiro, Blairo Maggi, entre para a comitiva para abordar o comércio bilateral neste tema, conforme informaram à Agência Efe fontes da delegação.

Durante estes encontros, China e Brasil abordarão relações bilaterais, estratégias globais para reforçar conjuntamente a luta contra o protecionismo e o compromisso com o Acordo de Paris, entre outros.

Nunes, que ficará em Pequim até a próxima quarta-feira, irá depois ao Japão, e voltará no dia 21 a Xangai, capital financeira da China, onde assinará um acordo com o Novo Banco de Desenvolvimento dos BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) para a implementação de um escritório em São Paulo, conforme as mesmas fontes.

A China é uma das paradas mais importantes para o ministro brasileiro dentro da viagem, já que o país é atualmente o principal parceiro comercial do Brasil.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos