Protestos de universitários no Senegal deixam um estudante morto e 20 feridos

Nairóbi, 15 mai (EFE).- Um estudante morreu nesta terça-feira e 20 pessoas ficaram feridas, entre elas 18 soldados, em enfrentamentos entre a polícia e universitários em um campus de Saint-Louis (noroeste do Senegal), confirmou o ministro senagalês de Interior e Segurança Pública, Aly Ngouille Ndiaye.

"Houve um enfrentamento entre os estudantes e as forças de segurança, que terminou com 20 feridos. Infelizmente, um estudante perdeu a vida", disse Ngouille Ndiaye em entrevista à emissora de rádio local "Rfm".

O estudante, identificado como Fallou Sène, foi atingido por um disparo, e outro jovem está em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva do hospital de Saint-Louis.

Os estudantes se manifestavam na Universidade Gaston Berger (UGB) de Saint-Louis, cidade do litoral noroeste do Senegal, em protesto pelo atraso no pagamento da bolsa de estudos universitária.

"Há alguns dias, há distúrbios na universidade de Saint-Louis, mas nesta manhã se chegou ao paroxismo", explicou o ministro senegalês de Interior, que anunciou que serão tomadas medidas para solucionar o problema com a bolsa de estudos.

Ndiaye também anunciou que o Governo senegalês vai iniciar uma investigação para determinar as responsabilidades na morte do estudante.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos