Atentado suicida dO Boko Haram na Nigéria mata cinco pessoas

Abuja, 16 mai (EFE).- Cinco pessoas morreram e outras cinco ficaram feridas no nordeste da Nigéria em um ataque suicida supostamente cometido pelo grupo jihadista Boko Haram, informaram nesta quarta-feira as autoridades.

O atentado foi cometido ontem na cidade de Konduga, no estado de Borno, contra um posto de controle da Força Civil de Ação Conjunta (JTF Civil, sua sigla em inglês), um grupo criado para combater o Boko Haram.

Um porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Emergências (NEMA), Abdulkadir Ibrahim, confirmou que "cinco membros da JFT Civil morreram após a explosão de uma bomba de um suicida em Madarari, nos arredores da cidade de Konduga".

"Outras cinco pessoas ficaram feridas no fato, que ocorreu quando um suicida detonou um bomba de fabricação caseira que levava escondida enquanto era revistado em um posto de controle", acrescentou a mesma fonte, citada pela imprensa local.

Trata-se de um dos piores ataques sofrido por esse grupo em Borno, onde o Exército nigeriano também informou nesta terça-feira ter neutralizado seis integrantes de Boko Haram, em uma operação na qual houve vários feridos e foram recuperadas armas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos