Ataque suicida mata 3 pessoas em mesquita na Nigéria

Abuja, 17 mai (EFE).- Pelo menos três pessoas morreram nesta quinta-feira e oito ficaram feridas em um ataque suicida a uma mesquita quando acontecia a oração em um campo de deslocados da cidade de Dikwa, no nordeste da Nigéria, segundo confirmaram à Agência Efe fontes do serviço de emergências.

O ataque aconteceu esta manhã no estado de Borno quando um homem se explodiu em uma mesquita ao ar livre, no mesmo dia que começa oficialmente o Ramadã em quase todo o mundo islâmico e também na Nigéria, onde quase metade da população é muçulmana.

Três fiéis que estavam rezando e o atacante morreram no incidente, segundo disse à Efe o coordenador na região da Agência Nacional de Gestão Emergências (Nema, em inglês), Bashir Garga.

Dikwa, a cidade atacada, fica a cerca de cem quilômetros de Maiduguri, o principal núcleo urbano de Borno, e abriga um campo com 70 mil deslocados internos, segundo o jornal "The Punch".

A região de Borno é a principal área de atuação do grupo jihadista Boko Haram, que realiza ataques suicidas e sequestros que mataram centenas de pessoas.

O Exército nigeriano, junto com a força conjunta de Camarões, Níger e Chade, disse que vai lançar uma ofensiva na área para acabar com a insurgência na região.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos