PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Hariri é novamente indicado como premiê do Líbano

24/05/2018 14h28

Beirute, 24 mai (EFE).- O atual primeiro-ministro do Líbano, Saad Hariri, foi encarregado nesta quinta-feira de formar um novo Governo após as eleições parlamentares realizadas no país no último dia 6, após receber o apoio de 111 dos 128 deputados da Câmara.

O presidente do Líbano, Michel Aoun, designou Hariri como primeiro-ministro, depois de ter realizado as consultas pertinentes com as forças políticas ao longo do dia e depois de que este recebeu o apoio da grande maioria dos blocos parlamentares.

O grupo xiita Hezbollah, que anteriormente fazia parte do gabinete de coalizão liderado por Hariri, não nomeou nenhum candidato para a presidência do Governo, que é reservada a um sunita, como estabelece a Constituição do Líbano.

Enquanto isso, Paula Yacubian, parlamentar independente da lista Kuluna Watani, criada este ano e que agrupa a sociedade civil, disse que não nomeou Hariri para o cargo, mas que fará "uma oposição construtiva".

Hariri foi ao palácio presidencial para receber o cargo e, depois de se reunir com Aoun, afirmou para a imprensa que trabalhará a partir deste momento para formar um governo de união nacional no menor tempo possível.

Internacional