PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Primeiro atentado suicida em Bagdá no mês do Ramadã deixa pelo menos 4 mortos

24/05/2018 06h32

Bagdá, 24 mai (EFE).- Pelo menos quatro iraquianos morreram e 16 ficaram feridos no primeiro ataque suicida cometido na capital do Iraque, Bagdá, no mês sagrado do Ramadã, informou uma fonte policial, nesta quinta-feira, à Agência Efe.

Um homem-bomba detonou um cinturão de explosivos quando foi detido pelas forças de segurança, no momento em que tentava entrar em um parque cheio de pessoas localizadas na região de Al Shuala, no nordeste de Bagdá, disse a fonte.

Além disso, ele explicou que a explosão culminou com a morte de quatro pessoas, entre eles um oficial da polícia, e causou danos materiais a um restaurante e uma cafeteria, assim como casas próximas ao parque.

Até o momento, nenhum grupo extremista assumiu a autoria deste atentado no Iraque.

O parque, localizado em uma região popular da capital, estava cheio à noite, já que no mês de Ramadã, os muçulmanos costumam se reunir nesses recintos para romper o jejum, obrigatório para os fiéis.

A região de Al Shoala é conhecida porque a grande maioria dos moradores, de maioria xiita, são seguidores do clérigo xiita Moqtada al-Sadr, que venceu as eleições iraquianas, realizadas no último dia 12.

Internacional