Israel apreende "Navio da Liberdade" de Gaza e o leva para porto de Ashdod

Jerusalém, 29 mai (EFE).- O exército de Israel capturou nesta terça-feira o "Navio da Liberdade", que zarpou durante a manhã da Faixa de Gaza com o objetivo de romper o bloqueio marítimo e chegar ao Chipre, e o está transferindo para o porto de Ashdod, que fica próximo do território palestino.

"Um navio palestino foi capturado com pelo menos 17 palestinos a bordo", confirmou à Agência Efe uma porta-voz militar israelense, que acrescentou que a operação aconteceu sem a adoção de medidas excepcionais.

"O navio será examinado e levado para a base naval de Ashdod. Depois de uma investigação, os palestinos serão enviados de volta à Faixa de Gaza", acrescentou a fonte, que afirmou que os mesmos, em princípio, não serão detidos.

O exército israelense oferecerá assistência médica às pessoas que viajavam na embarcação, caso seja necessário.

Pouco antes, quatro navios militares israelenses interceptaram e cercaram a embarcação, que zarpou esta manhã do porto da Cidade de Gaza com feridos, doentes e estudantes a bordo, que reivindicam permissão para deixar a Faixa.

Adham Abu Selmeya, da Comissão Nacional para Desafiar o Bloqueio, confirmou em comunicado que quatro embarcações armadas interceptaram o navio palestino nas nove milhas para as quais foi ampliado recentemente na região norte o limite habitual de seis milhas pela alta temporada de pesca.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos