Trump recebe Kim Kardashian na Casa Branca para falar de justiça carcerária

Washington, 30 mai (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, recebeu nesta quarta-feira a estrela de "reality shows" Kim Kardashian no Salão Oval da Casa Branca para falar sobre justiça carcerária.

Trump publicou no Twitter uma foto da visita à Casa Branca de Kardashian, com quem teve "uma grande reunião", segundo afirmou.

"Falamos sobre reforma carcerária e condenações", acrescentou o presidente.

Na reunião, Kardashian pediu a Trump um indulto para uma mulher de 63 anos condenada à prisão perpétua por um crime relacionado com drogas, uma causa com a qual a celebridade se envolveu nos últimos meses.

A imprensa especializada em celebridades tinha informado antes da visita que Kardashian também pretendia reunir-se com o genro e assessor de Trump, Jared Kushner, com quem já falou várias vezes sobre o caso.

A mulher em questão, Alice Marie Johnson, foi condenada há mais de 20 anos por crimes relacionados com drogas e lavagem de dinheiro.

O ex-presidente Barack Obama, que comutou as penas de 1.715 detentos durante seus oito anos na Casa Branca (2009-2017), em sua maioria por crimes relacionados com drogas, rejeitou o indulto a Johnson.

"Esteve na prisão 21 anos e morrerá ali a não ser que Trump a indulte", afirma um pedido na internet que supera as 265.000 assinaturas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos