Nacionalistas bascos abrem as portas para mudança de governo na Espanha

Madri, 31 mai (EFE).- Os cinco deputados do Partido Nacionalista Basco (PNV, na sigla em espanhol) anunciaram nesta quinta-feira que votarão em favor do líder socialista Pedro Sánchez para que este se transforme no chefe de governo da Espanha, o que abre as portas para a saída do conservador Mariano Rajoy.

O PNV comunicou ao Parido Popular (PP, comandado por Rajoy) que apoiará a moção de censura realizada contra seu governo que, caso supere a votação desta sexta-feira, levará o líder do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) à presidência de governo, confirmaram fontes da legenda conservadora.

A direção do PNV tomou essa decisão enquanto acontece o primeiro dia de debates sobre a moção de censura, consciente de que seus votos são decisivos para que o secretário-geral do PSOE seja presidente de governo, pois ele conta com o apoio de outros grupos da esquerda e nacionalistas.

Sánchez necessita de pelo menos 176 votos dos 350 parlamentares do Congresso e os legisladores do PNV são decisivos para se chegar a esse limite, que o transformaria em chefe do Executivo.

A direção do PNV tomou a decisão de apoiar a moção de censura dos socialistas contra o chefe do Executivo, que se baseia na exigência de responsabilidades políticas pelos diferentes casos de corrupção que envolvem o PP, que é presidido por Rajoy há anos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos