Governo de Maduro libertará opositores presos por golpe contra Chávez em 2002

Caracas, 1 jun (EFE).- O governo da Venezuela informou nesta sexta-feira que, como parte do "chamado ao diálogo e à reconciliação", serão libertados os opositores que se encontram presos desde 2002, ano no qual aconteceu o golpe de Estado que afastou o então presidente Hugo Chávez do poder por 48 horas.

"Começou o processo para políticos incursos em fatos de violência contra as pessoas, a propriedade pública e privada e que participaram de ações contra as leis e a Constituição da República nos anos 2002, 2013, 2014 e 2017", disse o ministro de Informação e Comunicação, Jorge Rodríguez, em uma breve entrevista coletiva.

Até o momento, o Tribunal Supremo ordenou apenas a libertação com medidas restritivas de 39 opositores que foram detidos entre 2014 e 2018, mas a presidente da governista Assembleia Nacional Constituinte (ANC), Delcy Rodríguez afirmou que nas próximas horas serão libertados outros grupos.

Pelos fatos de 2002 foram condenados 10 funcionários da extinta Polícia Metropolitana (MP) acusados de oito dos 19 assassinatos que aconteceram no dia 11 de abril no centro de Caracas.

Os chefes desta polícia, o ex-comissário Iván Simonovis, Lázaro Forero e Henry Vivas foram condenados a 30 anos de prisão em 2009.

No entanto, Forero e Vivas receberam uma medida humanitária em julho de 2011 por causa de doenças e Simonovis está em prisão domiciliar desde 2014.

O presidente Nicolás Maduro, que foi reeleito no último dia 20 de maio nas eleições presidenciais, disse que para seu novo mandato buscaria um "novo começo" e, entre seus anúncios, esteve o pedido de outorgar benefícios processuais a opositores presos.

Rodríguez disse hoje que esperam que as medidas que já foram anunciadas e as próximas a informar "conduzam a um processo de pacificação verdadeiro" e que contribua para o "debate franco" de ideias.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos