Infiltrados são capturados por manifestantes e liberados nus na Nicarágua

Manágua, 1 jun (EFE).- Dois supostos integrantes do grupo pró-governo Juventude Sandinista foram retidos e posteriormente libertados nus depois de serem descobertos como "infiltrados" entre os protestos contra o governo de Daniel Ortega, informou nesta sexta-feira um grupo de manifestantes do norte da Nicarágua.

O fato ocorreu na noite de quinta-feira em um bloqueio de estrada na cidade de Matagalpa, 130 quilômetros ao norte da capital, Manágua.

Com ordens da Prefeitura de Matagalpa, os homens se fizeram passar por manifestantes com o objetivo de desmontar o bloqueio, mas foram capturados.

Os manifestantes afirmaram que liberar os infiltrados sem as roupas para que corressem pelas ruas nus foi um castigo "necessário e criativo".

Hoje é o 45º dia de um caos sociopolítico que já deixou 108 mortos e cerca de mil feridos no país, segundo o Centro Nicaraguense de Direitos Humanos (Cenidh), a crise mais sangrenta na Nicarágua desde os anos 80.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos