Topo

Rajoy se despede e diz ter deixado uma Espanha melhor do que encontrou

01/06/2018 06h07

Madri, 1 jun (EFE).- O presidente do Governo da Espanha, Mariano Rajoy, se despediu nesta sexta-feira do cargo com um breve discurso no Congresso dos Deputados, onde afirmou que, após seis anos e meio à frente do Executivo, deixa um país melhor do que encontrou.

Depois de estar ausente durante toda a tarde de ontem e parte da manhã de hoje enquanto debatia a moção de censura contra ele, Rajoy esteve na Câmara pouco antes do final da sessão e pediu para falar com os deputados.

"Foi uma honra deixar uma Espanha melhor do que encontrei", disse Rajoy, que deixará o cargo na manhã de hoje, após a votação que dará a posse ao socialista Pedro Sánchez Rajoy quis ser "o primeiro" em parabenizar seu iminente sucessor e ressaltou que aceita "como democrata" o resultado da moção de censura, embora não compartilhe "o que foi feito".

O líder do Partido Popular (PP), que chegou ao poder em dezembro de 2011, governou até hoje, quando vai será derrotado por uma moção de censura apresentada pelos socialistas e que justificam na ligação do partido liderado por Rajoy com vários casos de corrupção.